Avaliação Psicológica Administração Pública

Avaliação Psicológica Administração Pública

Segundo a portaria (Portaria n.º 83-A/2009, de 22 de janeiro, alterada e republicada pela Portaria n.º 145-A/2011, de 6 de abril), a avaliação psicológica visa avaliar, através de técnicas de natureza psicológica, aptidões, características de personalidade e competências comportamentais dos candidatos e estabelecer um prognóstico de adaptação às exigências do posto de trabalho a ocupar, tendo como referência o perfil de competências previamente definido.

Segundo a alínea c) do n.º2 da mesma portaria, a aplicação da fase de avaliação psicológica pode ser realizada por entidade especializada privada, conhecedora do contexto específico da Administração Pública.

A avaliação psicológica deve ser realizada através de uma abordagem multimétodo, podendo comportar uma ou mais fases. 

Por cada candidato submetido a avaliação psicológica é elaborada uma ficha individual, contendo a indicação das aptidões e ou competências avaliadas, nível atingido em cada uma delas e a fundamentação do resultado final obtido.

Esta ficha deve garantir a privacidade da avaliação psicológica perante terceiros. A revelação ou transmissão de elementos relativos à avaliação psicológica, para além dos constantes da ficha, a outra pessoa que não o próprio candidato constitui quebra do dever de sigilo e responsabiliza disciplinarmente o seu autor pela infração.

O resultado da avaliação psicológica, desde que positivo, tem uma validade de 18 meses, contados da data da homologação da lista de ordenação final, podendo, durante esse período, o resultado ser aproveitado para outros procedimentos de recrutamento para postos de trabalho idênticos realizados pela mesma entidade avaliadora.

Testes de Avaliação Psicológica a utilizar

Os testes escolhidos para os processos de avaliação psicológica de seleção pretendem avaliar as aptidões, características de personalidade ou competências comportamentais dos Candidatos, tendo como referência o Perfil de competências previamente definido no aviso de abertura do procedimento concursal, para as diferentes funções a concurso.

Avaliação Cognitiva

A avaliação cognitiva dos candidatos será efetuada utilizando baterias de raciocínio diferencial com normas para a população portuguesa, adequada aos vários perfis funcionais e níveis de escolaridade dos candidatos admitidos. 

Entrevista de Avaliação de Competências

A entrevista de avaliação de competências visa obter, através de uma relação interpessoal, informações sobre comportamentos profissionais directamente relacionados com as competências consideradas essenciais para o exercício da função. O método utilizado deve permite uma análise estruturada da experiência, qualificações e motivações profissionais, através de descrições comportamentais ocorridas em situações reais e vivenciadas pelo candidato. A aplicação deste método baseia -se num guião de entrevista composto por um conjunto de questões directamente relacionadas com o perfil de competências previamente definido. O guião está associado a uma grelha de avaliação individual que traduz a presença ou a ausência dos comportamentos em análise.

Experiência

Em 2022 a nossa empresa ultrapassará a barreira dos 10 anos de atividade. Durante este período temos sempre pautado a nosssa atuação com demonstrações de profissionalismo e competência quer no atendimento de individuos, empresas, associações, juntas de freguesia e câmaras municipais. Temos também um amplo portefólio de testes psicológicos que podemos adequar a qualquer processo de seleção. Fale connosco e peça um orçamento para o seu concurso. Teremos muito gosto em ajudar!